O ano está quase acabando e já tem muita gente ficando triste só de lembrar que vai passar essas datas “sozinhas”. Se você é uma delas, o post de hoje é pra você!

É maravilhoso ter um par, uma metade, alguém que nos completa do nosso lado, poder compartilhar a vida, as lutas, os sonhos e o amor (é claro que esse tipo de relação também implica em renúncia, perdão e muita tolerância, mas isso é assunto pra outro post). Mas e quando o tempo passa e a tal “pessoa certa” não surge nas nossas vidas? A gente tende a pensar que vai morrer sozinho e aí bate o desespero, onde o problema começa.

De tanto esperar, criar falsas expectativas e se decepcionar, algumas pessoas acabam decidindo por “atirar pra todo lado”, o que vier agora é lucro. Mas não é bem assim que as coisas devem ser. Não é porque as chances de encontrar um príncipe encantado são inexistentes que você vai sair por aí beijando sapo, né? Antes de meter a cara numa relação é preciso estabelecer alguns critérios.

Baseado no que tenho aprendido com o casamento e nos valores que carrego comigo, elaborei alguns critérios essenciais para ajudar as solteiras (e os solteiros também) na seleção de seu par. Anote aí!

1) Seu pretendente realmente te atrai?

Beleza é algo relativo. O que é bonito para mim pode não ser para você, e vice-versa. Mas é justamente baseado nessa relatividade que eu afirmo: a pessoa precisa te atrair fisicamente, seja pela aparência, pelo jeito, pelo sorriso, pelo olhar, pelo cheiro. Afinal vocês pretendem ter relações sexuais, né? rsrs


2) Vocês possuem algo em comum?

Parece um critério bobo, mas não é. Essa história que opostos se atraem pode até ser verdadeira, mas acho que eles não duram muito tempo juntos. Já pensou em passar a vida toda com alguém que não gosta de nada do que você gosta? Ele só curte praia, você só curte neve. Um dos dois vai ter que ceder bastante ou a relação vai acabar rapidinho.


3) Você aprova o estilo de vida dele e vice-versa?

Ninguém muda com o casamento. Se o seu pretendente adora uma farra com os amigos, ele vai permanecer assim depois de casado. Talvez ele faça um grande esforço para te agradar, mas sinceramente, deve ser ruim viver “forçado” a algo. Será um fator desgastante para ambos.


4) Vocês professam a mesma fé?

Para mim este é um dos critérios mais importantes. Se os dois não se importam com os princípios e valores de suas respectivas religiões, esse fator não vai influenciar em nada, mas se a sua fé é realmente importante, pode ter certeza de que casar com alguém que crê em outra coisa ou simplesmente não acredita em nada vai ser muito complicado. Acha que não? Então tenta imaginar como será a educação dos seus filhos.


5) Ele quer compromisso?

Se o bonitão quer dar uns amassos e depois cair fora, não vá se enganar, ele não serve pra você. Alguns sinais de compromisso são fundamentais, como assumir uma relação pública e querer conhecer a família. Namorado 007 não rola.


6) Ele tem boa índole?

Não entre numa relação sem conhecer algumas coisas básicas sobre o seu pretendente. Se o cara vive cheio de mistérios, ninguém sabe quem é a família dele ou de onde veio, pode ser bem arriscado se envolver, concorda? Além disso, também é importante avaliar se ele é trabalhador, honesto e decente. É claro que algumas características a gente só descobre quando já está namorando, mas o básico é fundamental saber antes.

Se você respondeu sim para todas as perguntas, deve estar no caminho certo.
Se a resposta for não para qualquer um desses critérios, te aconselho a cair fora e esperar um pouco mais. Não vale a pena investir nessa relação.

Sei que não é fácil esperar por um amor quando o tempo passa e nada acontece, mas não perca as esperanças. Existe uma tampa certinha para a sua panela. Acredite, se você sonha em construir uma família, as chances desse sonho se realizar são bem grandes, afinal, família é um projeto de Deus e Ele não esqueceu de você.

Peça a sua metade a Deus e fique com os olhos bem abertos porque pode ser que alguém bem especial já esteja na sua vida e você nem tenha notado. Mas não deixe de aproveitar o tempo da solteirice, pois também há vantagens nele.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. (Eclesiastes 3.1)

Se as esperanças acabarem e o desespero bater, ore. Se precisar de apoio, conte comigo, é só me enviar um pedido de oração.

Muita alegria, amor e paz no coração de cada um de vocês!
Beijos!

5 comentários:

  1. Ameiiiiiiiiiiiiii o post! Vou compartilhar no meu blog, claro, dando os devidos créditos a ti, viu?
    Xero!!!

    solteiras-noivas-casadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Amei seu post. Realmente, temos que reavaliar as pessoas que queremos ao lado. É como diz o pastor lucinho "Vida sentimental é uma espingarda de um tiro só, você tem que mirar e atirar entre os olhos.. não é tiroteio, onde você atira pra qualquer lado". Graças a Deus, encontrei alguém pra dividir os sonhos. Se Deus quiser, em algum tempo estarei mandando fotos do meu casamento pra você rs! Vai demorar um pouco, mas vai sair em nome de Jesus.
    Um beijo flor
    Fica com Deus
    http://brendainwonderland.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Obrigada, meninas!
    Brenda, vou esperar as fotos, hein?!
    Deus abençoe vcs!
    Beijos!

    ResponderExcluir

O que você acha? Comente.

Zarpo Viagens

Festival da Noiva

Web Buffet

Siga por e-mail

Blogirls

Casamento de blogs de casamento

Arquivo do blog