ar condicionado

O verão ainda nem começou, mas o calor já tomou conta do Brasil. E pra gente não derreter feito sorvete no asfalto, a solução tem nome e sobrenome: ar condicionado. Só que quando a conta de luz chega, o mocinho logo vira vilão, né? Fazendo a gente suar ainda mais pra manter o orçamento doméstico na linha.

A boa notícia é que dá para desfrutar desse conforto sem passar sufoco no fim do mês. Você só precisa ficar atento a alguns detalhes e criar novos hábitos de economia em casa e no trabalho. Anote aí! ;)

1)    Procure o Selo Procel

A economia começa logo na compra do seu aparelho. A etiqueta mostra o grau de eficiência energética do produto, que vai de A (mais eficiente) a G (menos eficiente). Antes de fechar negócio, verifique se o índice de consumo e desempenho é bom, optando sempre pelos aparelhos com selo Procel A. Vale destacar que os aparelhos com Tecnologia Inverter (que funcionam com temperatura estável) podem consumir até 40% menos energia elétrica.

2)    Instale corretamente

Pode até parecer bobagem, mas a má instalação do ar-condicionado pode reduzir drasticamente sua eficiência e aumentar ainda mais o consumo de energia. O correto é instalar o aparelho no lugar mais alto possível (lembre que ar frio desce e ar quente sobe) e com boa circulação de ar, de preferência, longe da luz direta do sol.

3)    Não exagere no frio

Você não precisa ajustar o termostato para 17ºC sempre. Pelo menos para a maioria das pessoas, uma temperatura de 22 a 24 graus é considerada ideal. Tenha em mente que cada grau a menos pode aumentar até 8% do consumo de energia elétrica.

4)    Mantenha o ambiente fechado

Essa regrinha é básica, todo mundo já sabe. Se o ar quente do lado de fora entra no ambiente climatizado, ele faz o ar-condicionado trabalhar mais para manter o lugar friozinho. Isso vai trazer aumento na conta de energia, gente reclamando que o aparelho não está dando conta do calor e, provavelmente, vai fazer alguém descumprir a dica anterior.

5)    Vai demorar? Desligue. Volta logo? Deixe ligado.

Desligar o ar-condicionado quando o ambiente estiver vazio nem sempre é a melhor maneira de economizar. Isso porque, ao ser religado, ele irá consumir mais energia para resfriar o ambiente novamente. O segredo é simples: se a ausência for longa, desligue; se for curta, mantenha ligado.

6)   Limpe os filtros

Além de causar problemas respiratórios, a sujeira bloqueia a circulação de ar, fazendo o aparelho trabalhar mais e, consequentemente, consumir mais energia. Por isso, procure manter os filtros sempre limpos. Sua saúde agradece e o seu bolso, também.


Viu, só? Nem é tão difícil assim. Com um pouquinho de atenção e cuidado, a gente consegue espantar o calor e manter a cabeça fria na hora de pagar a conta de luz.

Image and video hosting by TinyPic

0 comentários:

Postar um comentário

O que você acha? Comente.

Zarpo Viagens

Festival da Noiva

Web Buffet

Siga por e-mail

Blogirls

Casamento de blogs de casamento

Arquivo do blog